Início Mercado Defesa-central do FC Porto a caminho de Itália

Defesa-central do FC Porto a caminho de Itália

102
0
COMPARTILHE

São os dois casos que mais preocupam os responsáveis portistas no que respeita a saídas do plantel, sem qualquer tipo de vantagem para o FC Porto. Com contrato até 2019, o FC Porto quer salvaguardar-se de situações como Iván Marcano e Diego Reyes, que estão a três meses do final dos seus contractos e próximos de sair do Dragão a custo zero.

Segundo a imprensa mexicana, a Lázio está a seguir com atenção as exibições de Diego Reyes, que, como se sabe, termina contrato com o FC Porto esta temporada. O central, que está ao serviço da sua selecção, tem sido apontado a vários clubes espanhóis, mas o seu destino poderá ser a Serie A.

A Lazio quer acautelar a saída do holandês Stefan de Vrij e também tem referenciados Sebastian Coates (Sporting), Alessio Romagnoli (AC Milan), Jan Vertonghen (Tottenham), Eder Alvarez Balanta (Basileia), Jannick Vestergaard (Borussia Monchengladbach), Diego Godin (Atlético de Madrid) e Matej Mitrovic (Bruges).

Diego Reyes, 25 anos, chegou ao FC Porto na temporada 2013/14 e já passou por Real Sociedad e Espanhol, por empréstimo. Voltou esta época e leva já três golos marcados em 22 jogos. Esta já é a melhor temporada do mexicano nos azuis e brancos que o máximo de jogos que tinha realizado eram 14 na época de estreia. Este ano tem alternado com Ivan Marcano e Felipe no eixo da defesa portista

Recorde-se que o defesa mexicano saiu do jogo frente à Croácia com queixas musculares, podendo ser mais uma dor de cabeça para Sérgio Conceição. O central, que entrou aos 16 minutos, acabou por ser substituído durante o intervalo, com muitas dores musculares na coxa.

Comentários