Início Internacional Americana publica a noticia que Cristiano Ronaldo não queria que saisse

Americana publica a noticia que Cristiano Ronaldo não queria que saisse

2016
0
COMPARTILHE

Afinal, é ainda mais grave: os detalhes da noite de terror de Cristiano Ronaldo. Cristiano Ronaldo é uma das figuras mais queridas do desporto mundial, mas o caso do qual ele está acusado começa a fazer grande mossa.

O jogador português está acusado por uma alegada violação e todo o processo parece cada vez mais grave para o lado dele. São provas e indícios que deixam muitas dúvidas sobre o que realmente aconteceu naquela noite de junho de 2009.

Na altura, uma jovem americana estava a divertir-se numa discoteca de Las Vegas, quando interagiu, pela primeira vez com a estrela do futebol, quase a protagonizar uma transferência para o Real Madrid.

Depois de algum clima de sedução mútua, a jovem Kathryn Mayorga aceitou ir com Ronaldo para o quarto, onde tudo teria acontecido, apesar da jovem ter, supostamente, pedido para ele parar.

Num documento revelado pela Football Leaks e que serviu de base para toda a investigação da Der Spiegel, Cristiano Ronaldo afirmou: “Ela disse ‘não’ e ‘pára’ várias vezes”, o que condiz com a descrição da americana, que garante que gritou ‘NÃO, NÃO, NÃO, NÃO, NÃO, NÃÃÃO, vezes sem conta’, suplicando para ele parar.

Também Cristiano Ronaldo teria assumido, de acordo com esse documento de que foi realmente “rude” com a modelo norte-americana, descrevendo a noite de terror: “Entrei nela por trás. Foi rude. Não mudámos de posição. Cinco a sete minutos. Ela disse que não queria, mas disponibilizou-se […] mas estava sempre a dizer ‘não’, ‘não faças isto’, ‘eu não sou como as outras’. Depois pedi-lhe desculpa”, revelou Cristiano Ronaldo.

A jovem também contou, na sua descrição, que Ronaldo teria perguntado se ela estava com dores, para concluir com uma frase categórica que o jogador teria falado: “sou um homem 99% bom, à excepção daquele momento, 1%”, que não saberia explicar.

No relatório do hospital, confirmou-se que a jovem tinha realmente sido violada, sem proteção e lubrificação, e a jovem acabou por tomar dois antibióticos para as lesões sofridas, de acordo com as informações da revista TV Guia.

Comentários