Início Internacional Adeptos do United aplaudiram Cristiano Ronaldo de pé e perdoaram ‘traição’

Adeptos do United aplaudiram Cristiano Ronaldo de pé e perdoaram ‘traição’

324
0
COMPARTILHE

Pela segunda vez, Cristiano Ronaldo vai jogar em Old Trafford como adversário. Esta terça-feira, o menino querido dos adeptos do Man. United regressa a ‘casa’, mas agora como rival, tal como aconteceu a 5 de março de 2013.

Aí, pelo Real Madrid, CR7 entrou pela porta grande, foi recebido como um Deus, ‘traiu’ o emblema onde se tornou melhor do mundo pela primeira vez, marcando o golo que valeu aos merengues a passagem aos quartos-de-final da Champions, pediu desculpa e no final… foi aplaudido de pé!

Na altura, o Real Madrid venceu duas vezes o arquirrival Barcelona na Copa do Rei e no Campeonato Espanhol, o Real Madrid fechou a sua semana perfeita com uma vitória por 2-1 sobre o Manchester United, em pleno Old Trafford, garantindo a qualificação para os quartos-de-final da Liga dos Campeões. No jogo da primeira mão, 15 dias antes, as duas equipas tinham empatado 1-1.

A partida em Inglaterra já começou com polémica: Alex Ferguson surpreendeu o mundo ao deixar Rooney no banco, com Nani na equipa titular. O português até deu o cruzamento para o golo da equipa, marcado por Sergio Ramos na própria baliza, no começo da segunda parte. Mas foi expulso logo depois, abrindo caminho para o a reviravolta do Real Madrid, com Luka Modric e Cristiano Ronaldo a marcarem.

A eliminação, para os donos da casa, veio exactamente no milésimo jogo de Ryan Giggs com a camisola do Manchester United. A equipa inglesa, que mandou na partida entre os 20 minutos da primeira parte e a expulsão de Nani, aos 11 minutos da segunda parte, estava sem perder há 18 jogos. O fim da invencibilidade veio na pior hora possível.

A Juventus lidera o grupo H com seis pontos, fruto de duas vitórias frente a Valência (0-2) e a Young Boys (3-0), seguido Manchester United com 4 pontos. A equipa de José Mourinho venceu a equipa suíça por 0-3 mas empatou em casa frente à equipa de Gonçalo Guedes. O United tem muitos jogadores lesionados e pode ter dificuldades em apresentar uma o lado da equipa de Cristiano Ronaldo não jogam Sami Khedira e Mandzukic.

Comentários